Como desossar um frango: passo a passo

.

O frango, principalmente o caipira, é uma iguaria muito popular e altamente consumida no Brasil. Porém, muitas pessoas já compram a ave desossada por um preço mais alto por acharem que desossá-la é uma tarefa árdua e que leva muito tempo.

.

No entanto, existem alguns passos e algumas dicas de como desossar um frango inteiro, para que você possa prepará-lo do modo que quiser, seja ele inteiro ou em partes, mas sempre de um jeito delicioso!

.

1 – Como começar a desossar um frango

.

O primeiro passo para facilitar a sua vida na hora de desossar um frango é ter certeza de que a faca que você vai utilizar está bem afiada. Nesse caso, é necessário deixar a faca de chef e até mesmo o cutelo de lado, utilizando a faca mais afiada o possível, de lâmina flexível.

.

Essa faca deve ter essas características pois deve deslizar facilmente entre os ossos de modo a removê-los, assim como tirar a carne de pontos de junção, que são mais difíceis de serem removidas.

.

Coloque o peito do frango virado para a tábua e, logo em seguida, encontre a espinha dorsal, que deve ser facilmente encontrada utilizando seus dedos, começando a trabalhar na parte interior do frango, pela sua pele ao criar um ponto de princípio.

.

Para começar, é possível cortar a pele ao redor da espinha ou apenas cortar um dos lados da espinha.

.

2 – Trabalhe em relação à caixa torácica do animal

.

Trabalhar com a faca em direção à caixa torácica do frango, segurando a pele com uma mão e cortando a carne do osso, puxando a pele e soltando quando a cortar pode facilitar o trabalho.

.

Corte a pele de forma a ficar o mais próximo o possível do osso, começando pela parte que está mais longe de você, deixando a faca agir.

.

Ao chegar às costelas, você encontrará a fúrcula, um osso bifurcado do frango, e deve removê-lo. Vire o frango com a abertura do pescoço voltada para você, até conseguir soltar o osso.

.

Siga cortando a caixa torácica em relação às coxas e as asas, que demandarão um pouco mais de trabalho.

.

Para separar a carne das costelas, aplique um pouco de pressão, cortando o quanto precisar e cuidando para não cortar muito fundo até chegar ao peito.

.

como desossar um frango

.

3 – Vire o frango e repita o processo do outro lado

.

Da mesma forma que fez com uma das caixas torácicas, faça com a outra, o que torna bem mais fácil a remoção das asas e da coxa. Para a remoção da asa, é preciso destacar sua junta e cortar em volta dela.

.

Para a coxa, também é preciso destacar sua junta e cortar em volta. Para isso, dobre a coxa e torça-a até soltar a junção, cortando através dela. Esse passo também é realizado para as asas.

.

4 – Encontre a quilha do frango

.

É a cartilagem localizada no osso do peito, cortando a carne com cuidado e separando-a da quilha, deixando a faca passar pelo osso. Ao cortar em volta desse osso, puxe a caixa torácica e a descarte.

.

Sobrando os ossos da coxa e da asa, você deve retirá-los, começando por aquele que já foi quebrado, corte em volta de modo a soltar os ossos, sem soltar a sobrecoxa junto, cortando pela parte do joelho. Faça o mesmo com a asa, empurrando o osso para o centro da ave, puxando o osso por completo.

.

Realize a limpeza do frango, procurando por restos de ossos ou de cartilagem ou até mesmo de outras partes indesejadas. Pronto! O frango está pronto para ser preparado!

banner 2 728 x 90

2 Comentários

  1. Tereza Ribeiro
  2. GRAÇA

Deixe um Comentário

30 anos Granja Moreira
Matéria sobre a Granja Moreira na TV Assembléia
Entrevista feita pela TV Clube
5 formas que o frango colabora com a sua saúde
Como utilizar a casca do ovo no seu cardápio?
Por que comer frango faz bem à saúde?
Como desossar um frango: passo a passo
Melhores receitas para fazer um delicioso omelete
Melhores pratos com ovos e frango
Melhores temperos para frango
Ovo no micro-ondas: Como fazer? (delicioso!)